Eduard Henry

Eduard Henry

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

UMA MENSAGEM DE NATAL

Miscelânea Café História

            





UMA MENSAGEM DE NATAL


O "espírito de Natal" é uma tradição tão antiga quanto à própria História. Ainda que fundamentalmente cristã, essa tradição ultrapassa o pertencimento de cristandade. O Natal é hoje um momento de reflexão para quase todos os povos do planeta, estejam esses reunidos sobre o nome de Ocidente ou de Oriente. No fim do ano, nossos calendários nos lembram que é preciso fazer alguma avaliação. Que é tempo de pensar em como andam nossa solidariedade, nossa ética, nosso companheirismo e, sobretudo, nossa esperança.

Por isso, desejo a todos um Feliz Natal, independente de credo, independente de ideologias ou partidos. Ao longo deste ano de 2008, pudemos compartilhar dúvidas, saberes, experiências e angústias a respeito da cultura, da sociedade, do gênero humano, enfim, de áreas e aspectos que despertam o interesse dos historiadores ou de simples apaixonados pela história. E é exatamente essa predisposição em aceitar o diálogo com o outro que faz manter acesa a luz que ilumina nossos caminhos, que nos faz crer que ainda é possível crer em um futuro livre de injustiças, desigualdades e terror. Ainda não é tarde, não tenha dúvidas. E por isso, em parte, ainda acreditamos no que fazemos.

Falar sobre o passado, esmiuçar o tempo que se foi, e que não retorna jamais, é uma das ocupações mais bonitas já desenvolvidas pelo ser - humano. Mais do que isso até, deter-se sob o passado é característica que nos diferencia de qualquer outro ser-vivo. Com a História é possível sentir falta, saudades de coisas, lugares, situações ou pessoas que nunca vivemos. O estudo sobre o passado é belo por poder fazer, por vezes, que nos reconheçamos nos olhos de outros. Que a avaliação que fazemos de nossas práticas e idéias durante o Natal seja uma constante em tudo o que fazemos nesse passeio pelo tempo pretérito.

Feliz Natal!

Nenhum comentário: