Eduard Henry

Eduard Henry

domingo, 21 de fevereiro de 2010

I Dreamed a Dream



Eu sonhei um sonho (eu tive um sonho)

Houve um tempo em que os homens eram amáveis
Quando suas vozes eram suaves
E suas palavras convidativas
Houve um tempo em que o amor era cego
E o mundo era uma canção
E a canção era excitante
Houve um tempo ... então tudo deu errado

Eu sonhei um sonho num tempo que já se foi
Quando esperanças eram elevadas e valia a pena viver
Sonhei que o amor nunca morreria
Sonhei que Deus estaria perdoando

Então eu era jovem e destemido
E os sonhos eram feitos e usados e perdidos
Não havia nenhum resgate a ser pago
Nenhuma canção sem ser cantada,
Nenhum vinho sem ser provado

Mas os tigres chegaram à noite
Com suas vozes suaves como o trovão
E rasgaram minha esperança em pedaços
E transformaram meus sonhos em vergonha

Ele dormiu um verão ao meu lado
Ele encheu meus dias de maravilha infinita
Ele fez da minha infância o seu êxito
Mas ele se foi quando o outono chegou

E ainda sonho com ele vindo até mim
E nós viveríamos os anos juntos
Mas há sonhos que não podem acontecer
E há tempestades que não podemos desafiar

Eu tive um sonho que minha vida seria
Tão diferente desse inferno que estou vivendo
Tão diferente agora daquilo que parecia
Agora a vida matou o sonho que eu tive
O sonho, o sonho que eu sonhei

Nenhum comentário: