Eduard Henry

Eduard Henry

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

SINAL DOS TEMPOS



Cinco índios Terena se perderam ontem à tarde em uma área do Exército do município de Miranda, onde entraram clandestinamente para catar guavira, fruta típica da região que revendem em Campo Grande e nas estradas. Para ser resgatados, 8 horas após entrar na mata, eles pediram socorro via celular.

O grupo ficou na área militar das 9h até às 17h, quando foi resgatado por quatro policiais militares, dois deles da PMA (Polícia Militar Ambiental) e um oficial do Exército.

Segundo as informações da Polícia Militar, o grupo era formado por dois homens e três mulheres, e foi levado até a área de instrução Betione por um taxista. A área militar fica a 20km da cidade.

Por volta das 14h, sem encontrar a saída, um dos índios usou o celular para acionar a Polícia.

O cabo Sinvaldo Francisco dos Santos, que participou das buscas, informou que para chegar até onde os índios estavam, eles usaram como guia a cerca elétrica do terreno, indicação fornecida quando ligaram.

Segundo o policial, os índios tem entrado frequentemente nessa área, sem permissão, para pegar frutas, mas depois do episódio de ontem, foram alertados de que é proibido entrar na área militar.

O policial disse não se lembrar de ocorrência semelhante, considerada inusitada por envolver índios, cujo imaginário comum sugere ser conhecedores das matas.

Os índios deixaram a mata caminhando, após beber água levada pelos policiais.

Nenhum comentário: